quinta-feira, dezembro 14, 2006

La Féria vai para o Rivoli

Acerca da notícia de ontem, que dava conta da entrega do Rivoli ao empresário e encenador Filipe La Féria, apesar de ainda dependente da assinatura do Presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, escreve João Paulo Sousa no blog da Literatura: "está­‑se mesmo a ver que ele vai desautorizar a comissão independente, constituída pelo seu vice­‑presidente, pelo director municipal da Cultura (mas para que diabo precisa este executivo de um director municipal da Cultura?) e pelo seu chefe de gabinete. Mais valia nem terem falado em comissão e assumirem logo a escolha".

Segundo o Público de ontem, La Féria não apresentou qualquer orçamento de encargos, a Universidade do Porto não deu o parecer técnico a que estava obrigada, nem foi conseguida qualquer possibilidade de conjugação das diversas candidaturas. Contudo, ainda segundo o jornal, "La Féria promete apostar nas grandes produções para o grande auditório, reservando o pequeno para as acções educativas e produções infanto-juvenis, propondo-se levar à cena obras de leitura obrigatória dos programas oficiais do ensino básico e secundário. Admite ainda estabelecer parcerias com outros produtores, nomeadamente de teatro experimental. Dá preferência a autores portugueses e a produções já testadas e vocacionadas para o grande público".

A duas semanas e meia do fim do ano, e com o teatro entregue aos alugueres habituais e sem que os funcionários saibam qual o seu futuro a partir de 01 Janeiro, já que os novos arrendatários não são obrigados a prever a integração dos trabalhadores, o Rivoli mergulha assim no mais profundo cinzentismo. A demissão gravosa de uma noção de serviço público, e o alheamento de uma relação com a cultura digna da história da cidade, devia cobrir de vergonha qualquer nome que assina na condição de representante político dos destinos da cultura no Porto. Mas desde que a música continue a tocar no coração...

10 comentários:

rui disse...

e não se pode exterminá-lo?

Anónimo disse...

E a pedido de muitas famílias a "Praça da Alegria" chega aos teatros. Agora é que vai ser rir e cantar. Que a cultura renda muito dinheiro às capelas das aldeias. Deixem de investir na cultura e qualquer dia temos Live shows na casa da música com entrevistas ao deus nosso sr. mourinho e companhia. É uma imagem do país muito útil, serve para exportar sapatos a fingir que são italianos e para trazer gente ao Porto... só se for pelas visitas guiadas à Exponor a às caves, claro. (ler com ironia e indignação)

carlos a.a. disse...

O rigor e a seriedade vêm sempre ao de cima...

pedro disse...

É nestas alturas que tenho vergonha de ser português. Nada contra o sr La Féria que tem o direito de ser o empresário que é. Mas entregar património do estado a uma empresa para ela obter lucros parece-me surreal.
Então porque não shwtografos Floribella, debates de futebol, ou combates de wrestling?
Quando é que aprendem que cultura e entretenimento não são a mesma coisa?
Vendam então o País aos espanhois. Ficariamos melhor.

samuel disse...

E onde estava o pedro a barafustar quando foi entregue o teatro taborda aos artitas unidos? Caso não saiba eles sao artistas unidos LDA, logo uma empresa.

pedro disse...

Os AUs que eu saiba são uma empresa a nível legal mas na prática são uma companhia sem fins lucrativos, como qq outra subsidiada pelo estado. Agora no Taborda está lá a garagem e poderia estar outra companhia qualquer que eu não iria "barafustar". O problema da EGEAC é que não tem capacidade de programar ou criar público e o Taborda é um teatrinho bem dificil e não se compara ao Rivoli. É uma prenda envenenada da CML a quem pede um espaço. Ainda por cima agora a EMEL pôs aqueles pinos e n deixa entrar carros. É terrivel ir para lá. O Samuel já foi?
Acho que não se compara uma companhia (que não defendo)que tem o historial que tem e um Taborda, com um empresário (que não ataco) que tem o historial que tem e um Rivoli.
Se o Samuel acha que é o mesmo aceito. Mas acho bizarro. Acho que é o mesmo que comparar A TVI com o canal 2.

pedro disse...

Só quero retificar que a comparação TVI/canal2 foi infeliz mas não me ocorre outra melhor.

pedro disse...

só mais esta para dizer que ainda bem que está instalado o debate. gosto.

André disse...

Eu só quero dizer que gosto muito de combates de wrestling. :)

Rui disse...

o meu filho também, até foi ao pavilhão atlantico ver um.
o debate decorre cordialmnte aqui: http://ideiassoltas.wordpress.com/2006/12/14/rio-la-feria-productions-incorporated/#comments