sexta-feira, setembro 23, 2005

montreal 5

sao 23h29 na abafada montreal. hoje foi dia de maratona teatral. quatro espectaculos. 10h, 12h, 17h e 19h. e mais uma live critic, onde pude falar da disneyficacao de Portugal. o conceito e simples e de necessaria aplicacao na patria lusa: apos um espectaculo, criticos reunem-se para discutir, a quente, a representacao, com o publico, entre eles e tambem com os criadores. e e maravilhoso. porque se descobrem sempre coisas tao interessantes.
a celine afinal nao veio. mas a cidade esta cheia de estrelas. do atom egoyan ao johny deep, por causa do festival de cinema de montreal. passam limusines a toda a hora.
esta gente nao come iogurtes. ou pelo menos se os come, tende a esconde-los nas prateliras do supermercado. e tem um pessimo sistema de gorjeta. ou seja. o preco indicado nunca e o preco que se vai pagar. porque se deve incluir taxas (de montreal e do canada) e mais uma gorjeta, normalmente 15% do total. os empregados contam com esse extra para compensar o misero salario que ganham. nao teem ideia de como isso e uma grande questao aqui., escusado sera dizer que para nos ocidentais e tudo um grande absurdo.
comecou a chover hoje.
amanha ha uma recepcao em casa de um dos organizadores do festival, especialmente em nossa homenagem. e vou publicar um artigo em flamengo.
a toute a l'heure.

3 comentários:

C.S.A. disse...

Então os canadianos não são ocidentais? Eh, pá, com essa é que me lixaste!

Rogério Nuno Costa disse...

a ver se não me esqueço dessa 'disneyficação' tuga; tenciono debater isso contigo quando chegares...

até já!

veado_ disse...

Com furacões e gorjetas estás decididamente na américa do norte.
(o teclado tb não tem maiúsculas?);-)