quinta-feira, maio 26, 2005

A lei dos amantes (77)

Frankly my dear, i dont give a damn

3 comentários:

Antónia disse...

'BEEN THERE...
(ou "still there", sei lá)

Até posso fazer a descrição, queres ver?

"Que chatice, porque é que não me responde? O que é que é preciso fazer mais?
OK. Não quer é saber de mim... Provavelmente eu interpretei mal os sinais...
E se me respondesse, o que é que eu faria? O mais certo seria fugir a sete pés, fingir que não percebia.
A verdade é que não sei o que sinto. Quero mas não quero. Não sei o que quero. _ Queria que me aparecesse à frente e me perguntasse:"Queres?".
Mas tenho medo de querer. Não saberia o que fazer depois...
Se não me responde, se não me procura, se não vem ter comigo, talvez até seja melhor assim.
Olha, que se lixe!
"Love stinks""

Antónia disse...

...E depois, pronto: Gone With The Wind...
Esquece-se. Fica-se com uma sensação de (falso) alívio. Esquece-se a sensação de (falso) alívio. Até voltar a acontecer, mais tarde, a porcaria deste padrão recorrente!

(Isto fica entre nós, de acordo? _ que eu nunca tinha contado...
Bolas. Tantas reticências.
Vou arrepender-me do impulso, já sei. Não digas nada a ninguém.)

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Ford company and seimone blackberry openentry 0x80004005 failed soccer pleayr ole song soccer download